Semana 33

Os ossos do bebê estão cada vez mais duros e resistentes. Os únicos que permanecem flexíveis são os ossos do crânio, que ficam separados, com um espaço entre eles, para que se moldem durante a passagem pelo canal vaginal no parto. Depois do nascimento, fica a “moleira”, ou fontanela, e os ossos só se juntam definitivamente por volta de um ano e meio de idade.

É possível que a grávida sinta dores ou formigamento nas mãos, que acontecem porque os nervos ficam pressionados pelos tecidos do pulso. Este incômodo se chama síndrome do túnel do carpo e acontece devido ao inchaço e retenção de líquidos comuns na gravidez. Deve passar após o parto, mas até lá a dica é tentar mudar de posição ao dormir, evitando comprimir as mãos ou pulsos.

O bebê ainda tem muito a crescer e engordar até o final da gestação, então é importante manter uma dieta equilibrada. É normal a grávida engordar cerca de 500 gramas por semana nessa fase, não é hora de fazer dieta e tentar diminuir o ganho de peso.