Semana 31

O bebê está passando pelo auge de seu crescimento e agora já tem os braços e pernas mais gordinhos. A visão está quase perfeita, mas depois do nascimento ainda vai melhorar para focar os objetos distantes.

Nesta fase, a grávida pode começar a sentir as contrações de treinamento, ou Braxton Hicks, que deixam a barriga enrijecida por alguns instantes e não costumam ser doloridas. É importante ficar atento à frequência e intensidade e contatar o médico em caso de suspeita de um trabalho de parto.

Conforme o tempo passa, é normal que a movimentação fique diferente, porque o espaço está mais apertado. Um lanchinho ajuda a deixar o bebê mais ativo: para a grávida que está insegura com a “calmaria”, a dica é comer e deitar-se para observar os movimentos do bebê.

O útero pode estar empurrando o diafragma e comprimindo os pulmões, o que às vezes deixa a gestante sem fôlego. Essa sensação tende a melhorar nas próximas semanas, conforme o bebê descer para a pélvis.